segunda-feira, 16 de junho de 2014

Copa 2014: Lula quer saber sobre corrupção. TCU diz que chance é real

 
José Cruz - Blog do José Cruz - UOL
 
O ex-presidente Lula da Silva sugeriu que os deputados federais peçam ao TCU (Tribunal de Contas da União) uma investigação para apurar se houve corrupção nas obras para a Copa do Mundo. A proposta foi feita ontem, em São Paulo, durante convenção do PT
Realidade
O TCU faz o acompanhamento sugerido desde que o Brasil foi escolhido sede da Copa. E, em vários relatórios, o órgão de fiscalização alertou que há, sim, reais riscos de corrupção.
Em setembro de 2012, o então ministro relator, Valmir Campelo, escreveu o seguinte:



“A julgar pela experiência dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, em 2007, existe o risco de que a despesa total (nos gastos com a Copa)venha a ser muito superior à inicialmente prevista, principalmente em função de deficiências no planejamento e do consequente atraso na execução das obras, o que pode gerar correria e descontrole nas etapas finais de preparação da Copa.”
Alerta
Observem que é o próprio TCU fazendo o alerta para os riscos de corrupção “por falta de planejamento”!
Portanto, o governo pode se orgulhar: a “Copa das Copas” deve ser, também, a primeira sem planejamento.  O que, convenhamos, não está fazendo qualquer falta, a julgar pelo “sucesso” que está sendo o bilionário evento.
Mais:
No relatório do TCU de setembro de 2012 há um parágrafo que demonstram a fragilidade da preparação do país à Copa da Fifa e, por isso, aberto à corrupção, combatida por Lula da Silva.
Além da falta de planejamento, “o agente financiador – BNDES – não dispunha de pessoal qualificado para análise técnica de engenharia dos projetos, o que pode ensejar o risco de aprovação da operação de crédito com base em documentos que não representam de fato o Projeto Executivo da obra.”
Entenderam?
Os projetos de financiamentos para os estádios (R$ 400 milhões para cada um) foram aprovados sem parecer de especialistas na área de engenharia.
Assim como no Pan, de R$ 4 bilhões de gastos aos cofres públicos, de que adiantam, efetivamente, os alertas do TCU? Portanto, a sugestão de Lula da Silva é bobagem. Até porque, deputado se envolvendo com fiscalização de verba pública, como ele sugere?
Bah!