quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Faltam recursos para políticas públicas

Controversia

O setor público brasileiro dispõe, anualmente, de cerca de 32% do PIB (1) para executar todas as suas funções, enquanto o setor público dos países organizados aplica perto de 50% do PIB e, em muitos casos, valores ainda maiores. França, Bélgica, Finlândia, Suécia e Dinamarca são alguns poucos exemplos de países capitalistas industrializados cujos setores públicos dispõem de mais ou bem mais do que 50% do PIB (2). Entre os países com rendas per capita não muito diferentes da brasileira (alguns, acima, outros, abaixo) e cujos setores públicos investem mais do que o brasileiro estão Cuba, Colômbia, Portugal, Líbia (dados do período anterior às ações da Otan/EUA), Iêmen, Egito, Jordânia, Jamaica, Uruguai, Venezuela, entre vários outros, alguns deles dispondo de bem mais do que 50% do PIB (3).