domingo, 28 de outubro de 2012

CADÊ OS ESTADISTAS?


CADÊ OS ESTADISTAS?


 Não há hoje líderes que podemos chamar de estadistas. A forma de organização do Estado e da política precisam ser  reformadas em profundidade. A representação é uma piada. O Executivo em todos os níveis tem um poder gigantesco e não preci sa de debates sérios no parlamento, precisa apenas de uma maioria construída na base da troca de favores, os piores possíveis. O Estado não tem prioridades efetivas de longo prazo e a corrupção, que muitas vezes a esquerda não deu a mínima atenção, corrói a confiança do povo nas instituições, a par de uma radicalização verbal e intolerância com relação às ideias do outro. Os atuais partidos também fazem parte desse sistema que serve muito pouco ao povo

 Os estadistas plantam para o futuro e não abrem mão de princípios. Hoje temos políticos que nem plantam e querem colher o máximo de poder e beneficíos para si e seu grupo.